Wiki Gatos Guerreiros
Advertisement
Squilfwarn.png
Este personagem não possui nome traduzido oficialmente, seu nome foi traduzido por discrição dos colaboradores da wiki!
TPBWARN.png
"O sol surgiu sobre as árvores, inundando a clareira com luz e calor, e pareceu a Estrela de Fogo que aquele era o mais brilhante amanhecer"
Este articulo contem grandes spoilers de livros anteriores e posteriores da arca:As Profecias Começam Logo, proceder ao seu próprio critério.
"Eu treinei com a Floresta Sombria para me tornar um guerreiro mais forte. Eu precisava de algum gato para acreditar em mim, e os gatos da Floresta Sombria acreditavam - ou pelo menos pareciam acreditar. Mas eu não estava lutando contra os Clãs. Sempre serei um gato do Clã do Vento primeiro. Esta batalha com os arminhos é a minha chance de provar meu valor. "
— Pele de Brisa para Pluma de Corvo , sobre sua lealdade. em Crowfeather's Trial, paginas 364-365

Pele de Brisa (ing. Breezepelt) é um gato preto magro com olhos âmbar.

Pele de Brisa  é um guerreiro do Clã do Vento que serviu sob as lideranças de Estrela Rala e Estrela de Lebre. Brisa nasceu como filho de Nuvem da Noite e Pluma de Corvo junto com dois outros irmãos que morreram após o nascimento. Pata de Brisa foi aprendiz de Cauda Branca e estava cada vez mais arrogante por falta de atenção de seu pai. Ele constantemente entrava em brigas sempre que pudesse e eventualmente pensaria que Pluma de Corvo o odiava. Como guerreiro, Pele de Brisa desenvolveu um ódio profundo por Folha de Azevinho, Labareda de Leão e Pluma de Gaio depois que foi revelado que eles eram seus meio-irmãos.

Quando Pele de Brisa começou a treinar na Floresta Sombria, seu ódio por seus meio-irmãos e pai ficou mais forte. Ele se tornou mentor de Pelo de Rochedo, e durante a Grande Batalha, ele lutou pela Floresta Sombria, no entanto, eles foram derrotados e, após a batalha, Pluma de Corvo quase o deserdou. o Clã do Vento acreditava que Pele de Brisa deveria ser expulso, mas Estrela Rala insistiu em lhe dar outra chance. Para provar sua lealdade, Pele de Brisa lutou bravamente contra os arminhos no território do Clã do Vento, especialmente depois do desaparecimento de Nuvem da Noite. Após a batalha com os arminhos, Pluma de Gaio e Pele de Brisa se reconciliaram, e ele fez as pazes com Labareda de Leão, agora começando a respeitar seu meio-irmão. Eventualmente, Cauda de Urze se tornou sua companheira, e juntos eles tiveram quatro filhas, Névoa e Rajada em sua primeira ninhada, Madeira e Maçã em sua segunda

História[]

O Poder de Três[]

"Ficou óbvio desde o início que Pata de Brisa não queria ir para as montanhas. E Pluma de Corvo não agiu como se estivesse feliz por tê-lo junto. Ele não parecia orgulhoso de nada que Pata de Brisa fazia, ao contrário de Garra de Amora Doce, que fazia Pata de Azevinho se sentir o melhor guerreiro do Clã do Trovão  quando a elogiava "
— Pata de azevinho pensando sobre Pata de Brisa em Eclipse, pagina 14

Pata de Brisa é um aprendiz do Clã do Vento e o único filhote sobrevivente da ninhada de Pluma de Corvo e Nuvem da Noite. Ele é um aprendiz problemático, conflituoso e indiferente, e seu mentor, Cauda Branca, frequentemente repreende sua atitude. Sua mãe o protege ferozmente e permanece ao seu lado quando ele quase morre na assembleia da manhã, uma diferença marcante de seu pai que constantemente discute com seu filho. Pata de Brisa também desenvolve uma rivalidade com Pata de Leão por causa dos sentimentos por Pata de Urze. Pata de Brisa se junta a Pata de Leão, Pata de Azevinho, Pata de Gaio e Pata de Urze para resgatar Andorinha, Carriço e Cardo dos túneis inundados.

Apesar de não querer, Estrela Rala faz com que ele e seu pai viajem às montanhas para ajudar a Tribo. Os dois não se dão bem durante a jornada, e Pata de Azevinho percebe que a raiva de Pata de Brisa deve se originar da falta de atenção de seu pai. Ele ganha seu nome de guerreiro, Pele de Brisa. Quando Folha de Azevinho revela que seus verdadeiros pais são Pluma de Corvo e Poça de Folha, Pele de Brisa rosna para seu pai com raiva.

Presságio das Estrelas[]

"Isso não tem nada a ver com Estrela Partida. Labareda de Leão nunca deveria ter nascido. Nenhum deles deveria. Folha de Azevinho está morta, agora é a sua vez, Labareda de Leão"
— A resposta de Pele de Brisa a Labareda de Leão e Poça de hera em The Last Hope, pagina 308

Pele de Brisa ganha um aprendiz, Pata de Rochedo. Ele abertamente esdenha de seus meio-irmãos e insiste que eles nunca deveriam ter nascido. Alimentado por sua raiva e ódio por seu pai, Pele de Brisa treina na Floresta Sombria. Estrela Tigrada promete a Pele de Brisa que terá sucesso em sua vingança contra qualquer gato com a ajuda da Floresta Sombria. Pele de Brisa segue Pluma de Gaio e Geada de Papoula até a Poça da Lua e tenta matá-los com a ajuda de Estrela Partida. Durante uma luta com Labareda de Leão, Pluma de Corvo interrompe a briga, e Pele de Brisa rosna para ele, ficando ao lado de Nuvem da Noite.

Durante a Grande Batalha, Pele de Brisa luta ao lado da Floresta Sombria e ataca seus companheiros de clã. Poça de Hera, uma colega de treino da Floresta Sombria, tenta argumentar com ele, mas Pele de Brisa está firmemente estabelecido em seu caminho. Ele tenta matar Labareda de Leão, mas Pluma de Corvo o ataca. Quando Pele de Brisa argumenta que Pluma de Corvo sempre o odiou, Pluma de Corvo nega, acrescentando que Nuvem da Noite colocou essas idéias em sua cabeça.

Visão das Sombras[]

"Ele dificilmente é o gato para falar sobre confiança "
— Os pensamentos de Coração de Amieiro sobre Pele de Brisa em River of Fire, pagina 127

Ele e Cauda de Urze se tornam companheiros e têm duas filhas, Pata de Névoa e Pata Rajada. Pele de Brisa fica na defensiva quando os outros clãs vão para o território do Clã do Vento em busca de pulmonária. Quando Estrela de Folha anuncia que acolheu Bigode Elegante e Folhagem de Milefólio, Pele de Brisa grita que eles são traidores. Vários gatos não se surpreendem com a ironia, e Estrela de Amora-Doce defende os dois antigos membros dos Parentes . Suas filhas se tornam guerreiras, Nublar de Névoa e Asa Rajada.

Código Rompido[]

"A única razão pela qual não estamos matando o impostor é porque o verdadeiro Estrela de Amora-Doce pode precisar do corpo dele um dia. Mas seu fantasma não é visto há quase meia lua. E isso significa que seu espírito pode ter ido embora. Nesse caso, o que estamos esperando?"
— Pele de Brisa em uma reunião dos Rebeldes em Veil of Shadows, pagina 158

Ele e Cauda de Urze tem outra ninhada, Pata de Maçã  e Pata de Madeira. Ele está entre um dos muitos gatos que tentam quebrar o gelo do lago da lua e comemora prematuramente quando a rocha rompe o gelo. Mais tarde, ele comparece a várias reuniões dos rebeldes sobre o impostor Estrela de Amora-Doce , já que Pluma de Corvo era um dos quebradores de codigos . Dentre os rebeldes, Pele de Brisa insiste nos métodos mais severos, como invasões de campos e execução. Sua filha, Nublar de Névoa, é morta durante uma batalha instigada pelo impostor .

Super Edições[]

O Julgamento de Pluma de Corvo[]

"Sei muito bem o que você pode pensar de mim. Mas, na minha opinião, alguns guerreiros de outros clãs estão apenas procurando uma razão para lutar. Isso não os torna uma ameaça às nossas vidas diárias, assim como os gatos que uma vez treinaram - ou até lutaram - na Floresta Sombria? "
— Pele de Brisa sobre seus acusadores em Crowfeather's Trial, pagina 140

No Julgamento de Pluma de Corvo, vários guerreiros do Clã do Vento ainda estão relutantes em aceitar Pele de Brisa de volta ao Clã após a Grande Batalha. Alguns gatos até desejam que ele seja exilado ou morto, principalmente Cauda de Tojo  e Cauda de Folha , que se recusam a perdoá-lo. Pele de Brisa, Nuvem da Noite e Pluma de Corvo procuram nos túneis pelas criaturas brancas que Pata do Assobiar viu e são atacados pelo grande número de arminhos. Nuvem da Noite desaparece e é dada como morta. Durante sua vigília, alguns gatos acreditam que Pele de Brisa causou sua morte. Pele de Brisa, lamentando a perda do único gato que o amava, se afasta ainda mais de seus companheiros de clã, enquanto Pluma de Corvo tenta defendê-lo.

Pluma de Corvo finalmente reconhece o gato que seu filho realmente era, um gato assustado e emocionalmente confuso, e os dois começam a se reconcilhar. Cauda de Urze também fica mais proximo de Pele de Brisa. Quando Pluma de Corvo descobre que Nuvem da Noite está viva, ele, Pele de Brisa, Cauda de Tojo, Pata do Assobiar e Cauda de Urze a resgatam do Lugar-dos-duas-pernas . Depois que a patrulha volta ao Clã do Vento, Pele de Brisa fica muito feliz por Nuvem da Noite ser encontrada, mas é questionado por Estrela Rala sobre sua lealdade. Na Reunião, Pele de Brisa e outros  ex guerreiros da Floresta Sombria dizem à Reunião que eles são tão leais a seu Clã quanto o resto deles. Durante a batalha final com os arminhos, Pele de Brisa salva a vida de Labareda de Leão e fica gravemente ferido. Voô de Francelho o salva depois que Pluma de Gaio relutantemente lhe dá raiz de bardana, e Pele de Brisa se reconcilia com sua família e Labareda de Leão .

Novellas[]

"Pele de Brisa parecia presunçoso e Asa de Pomba sentiu vontade de remexer nas orelhas. Ela tinha certeza de que ele não queria ser um guerreiro melhor pro Clã do Vento . Ele queria poder e força, e isso era tudo"
— Asa de Pomba sobre o porque Pele de Brisa concordou em ser treinado pela Floresta Sombria em Dovewing's silence, pagina 24

Em O Silêncio de Asa de Pomba, quando os líderes do Clã decidem o que fazer com os treinadores da Floresta Sombria, Estrela Rala acredita que Pele de Brisa deve ser aceito de volta no Clã devido às perdas do Clã do Vento durante a Grande Batalha. Estrela Preta discorda, já que Pele de Brisa traiu seus companheiros de clã, líder e o código dos guerreiros. Estrela de Amora-Doce concorda, mas Estrela Rala insiste que não se importa por que Pele de Brisa treinou na Floresta Sombria, mas confia em sua lealdade agora. Asa de Mariposa sugere que os guerreiros devem fazer um novo juramento, mas Asa de Pomba acha que Pele de Brisa é tudo menos nobre e não deseja perdão por suas ações.

Personalidade e Relacionamentos[]

Pele de Brisa é feroz, temperamental e rápido para lutar. Ele é extremamente próximo de sua mãe e, apesar de seu ressentimento anterior com seu pai, os dois se reconciliaram e agora estão em bons termos. Ele é muito protetor e amoroso com sua companheira, Cauda de Urze

Advertisement